Barrinho, o Menino de Barro - EddBala Entretenimento

Barrinho, o Menino de Barro - EddBala Entretenimento

Edd Bala

blog

Barrinho, o Menino de Barro

Da obra de Mabel Velloso, filha de Dona Canô, estreia em 24 de julho no Teatro Jorge Amado o espetáculo de teatro infantil “BARRINHO,O MENINODE BARRO”.

Brincando com o barro, um menino cria um boneco a sua imagem e semelhança, apelidado de “Barrinho”, que se torna o seu brinquedo mais querido. Em uma noite de lua cheia, porém, o menino deseja profundamente uma companhia, alguém com quem possa conversar. Olha para o Céu e pede um irmão. Nesse momento, Barrinho ganha vida e começa a falar. Barrinho fala sobre comportamentos humanos, dá exemplos, fazreflexõessobre a vida. Ele faz e canta músicas, fala do barro, do trabalho manual. É da terra, do barro, que temos as casas de pau a pique, os vasos e jarros de barro, asmoringas.

A mistura de sonho e realidade fazrefletirsobre a importância do outro na nossa vida ‐ seja ele um parente, um amigo, um amor, um colega, um vizinho ou um ilustre desconhecido. Afinal, é a relação com os outros que nos define como cidadãos e nos transforma  ‐  a nós e a nossa sociedade. Barrinho é, portanto, uma fábula sobre como a amizade e a solidariedade podem contribuir para o nosso crescimento individual e coletivo.

Valores como família, amizade, companheirismo, respeito aos pais, educação doméstica estão presentes no texto e nas ações. A relação do homem com a terra, o barro, o sustento da família com uma profissão artesanal serão mostrados às crianças através das atitudes de seus personagens.

Mabel Velloso, nascida em Santo Amaro da Purificação, é poeta, escritora, letrista e professora. Ensinou durante vinte anos em Santo Amaro e mora há mais dez anos em Salvador, trabalhando com arte‐educação e participando de encontros, seminários em colégios, sempre mostrando o livro como o bom companheiro, como o “brinquedo calado”. Publicou mais de dezlivrosinfanto‐juvenis por diversas editoras.

Na equipe técnica,João Sanches, diretor e dramaturgo, que assina a adaptação do livro de Mabel para o teatro infantil,recebeu o Prêmio Baskemde teatro pelo espetáculo “Entre nós”. A direção deste novo espetáculo é de Fernanda Paquelet, com mais de 15 espetáculos dirigidos em seu currículo, foi indicada ao Prêmio Braskem de teatro pelo espetáculo “A Vaca Lelé”. Dois expoentes do teatro na Bahia, comcoleção de prêmios e indicações.

Completando a equipe técnica, Miguel Carvalho assina o figurino, Maurício Pedrosa assina a cenografia e adereços e Alex Mesquita assina a trilha sonora. Todos os três são professores universitários atuantes na área de teatro e seus trabalhos acadêmicos estão voltados para o universo do recôncavo, com pesquisas que resultaram em teses de mestrado sobre o tema. “BARRINHO, O MENINO DE BARRO” terá músicas de que remetem ao cancioneiro do recôncavo baiano, como “Vapor de Cachoeira” e “Adeusmeu Santo Amaro”.

Com 4 atores e 4 bailarinos em cena, o diferencial desta peça está em duas ações: os bailarinos além de contribuírem com coreografias que remetem ao universo baiano, participam da montagem do cenário, auxiliam na troca de figurinos e compõem as cenas com personagens. A segunda ação, que diferencia este espetáculo dos demais, é a presença da LIBRA – Língua Brasileira dos Sinais – inserida no espetáculo. Estamos acostumados a ver um intérprete ao lado do palco realizando os sinais para os deficientes auditivos. Em “BARRINHO, O MENINO DE BARRO”, a LIBRA é interpretada pelos atores e bailarinos, no palco, ao mesmo tempo em que as cenas acontecem. Assim, esta ação de Acessibilidade, inédita em teatro infantil, agrega, ainda mais, as crianças comdeficiências auditivas.

Sônia de Paula, produtora do espetáculo, tem uma sólida carreira de 40 anos como atriz e há 16 anos vem se dedicando a projetos voltados para crianças. Sócia de Marcelo Aouila na empresa Somar Ideias, produziram a peça “O Casamento de Dona Baratinha” apresentada em Salvador em 2012 e o projeto “Lê Pra Mim?” com 3 edições realizadas na cidade. Em Salvador, como produtores executivos, estão Tereza Sales e Heron Maia, sócios na empresa Sales Maia, que há mais de 20 anos apresentamemSalvador espetáculos de teatro infantil para crianças.

Ao final de cada apresentação, toda criança levará uma pequena bolinha de barro para criarseu próprio barrinho emcasa.

“BARRINHO, O MENINO DE BARRO” cumpre temporada de apresentações em projeto escola durante a semana e seis apresentações nosfinais dos dias 27 e 28 de julho e 03 e 04 de agosto, em dois horários, às 11h e 17h.

SERVIÇO
Dias 27 e 28 de julho e 03 e 04 de agosto
Sábados e domingos às 11h e17h
Preço: inteira – R$ 60,00 emeia – R$ 30,00
Teatro Jorge Amado – 480 lugares
Av. ManoelDias da Silva, 2177 – Pituba, Salvador
Bilheteria e Informações: 71‐3525‐9708
A bilheteria abre de qua a sáb de 14h às 20h e domde 14h às 19h
Acessibilidade: acesso a cadeirantes e interpretação de LIBRAS

Deixe aqui seu comentário: