Homenagem a atriz Auristela Sá - EddBala Entretenimento

Homenagem a atriz Auristela Sá - EddBala Entretenimento

Edd Bala

blog

Homenagem a atriz Auristela Sá

No Dia Mundial do Teatro, o violonista Mario Ulloa e o Bando de Teatro Olodum homenageiam a atriz Auristela Sá.

Com participação especial da cantora Juliana Ribeiro e diversos convidados, o repertório inclui peças clássicas da música erudita, brasileira e latino-americana.

Em “Concerto para Auristela”, o premiado músico e professor costarriquenho, Mario Ulloa, convida o violonista Vladimir Bonfim, graduado em violão pela UFBA e especialista pelo Conservatoire National de Strasbourg, na França, e alunos da Escola de Música da Ufba, como Gilson Santana e Hebert Pereira, para Juntos interpretarem obras do repertório do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), do baiano Dorival Caymmi (1914-2008), dos espanhóis Manuel Ponche (1882-1948) e Isaac Albéniz (1860-1909), entre outras peças, numa linguagem contemporânea e bem autoral. A cantora e compositora baiana Juliana Ribeira também faz participação especial no evento, idealizado pelo Bando de Teatro Olodum e apoiado pelo Teatro Vila Velha.

Nada mais adequado às comemorações ao Dia Mundial do Teatro como celebrar os atores e atrizes, personalidades célebres dessa arte, a exemplo da atriz Auristela Sá, que como grande parte do elenco do Bando, tem uma trajetória emblemática em várias fases e espetáculos do grupo. Intérprete de personagens memoráveis do repertório da companhia, ela atuou em peças como “Bença” (2010), “Áfricas” (2007), na remontagem de “Sonho de uma noite de verão” (2006), da obra de William Shakespeare, e fez muito sucesso na pele da cantora Flávia Karine, em Cabaré Rrrrraça (1997), e como a Carmem lavadeira de “Ó Pai Ó” (1992), tanto no teatro quanto no Cinema e na televisão. Além disso, ela ainda integra a produção da companhia.

Auristela Sá começou a carreira no Bando em 1994 fazendo o espetáculo Bai Bai Pelô, com direção e texto de Márcio Meirelles. O diretor e a artista se encontraram quando ela estudava na Escola de Teatro da Ufba. Nessa estrada, lá se vão mais de 20 anos.

27/03 | qua | 20h

R$ 30 e 15

Sala Principal

Fonte: Teatro Villa Velha

Amigos, nossa Auristela Sá nos deixou essa manhã! Nos despediremos dela hoje em Alagoinhas no final da tarde. As artes da Bahia estão de luto e o Bando De Teatro Olodum bem como toda Salvador hoje choram esta grande perda para o teatro. Ó PAÍ, Ó.

Deixe aqui seu comentário: